Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Ocorrência e caracterização genética de Staphylococcus aureus em amostras de leite de gado com mastite, na equipe de um Hospital Veterinário e em pessoas que trabalham com o gado leiteiro

Lucianne Leigue, Ayrton Rodrigo Hilgert, Adriana Fiorini, Marise Fonseca dos Santos, Eliane Cristina Gruzka Vendruscolo

Resumo


Staphylococcus aureus está entre os microrganismos que apresentam as maiores taxas de morbidade e mortalidade em seres humanos e animais. Linhagens de S. aureus resistentes a meticilina podem causar surtos de infecção em todo o mundo, o que contribui para a escassez de arsenal terapêutico. Este trabalho analisou o perfil epidemiológico de estirpes de S. aureus isoladas de pessoas que trabalham em contato com animais em um hospital veterinário com gado leiteiro e também em amostras de leite de vacas acometidas por mastite. As estirpes de S. aureus isoladas foram caracterizadas fenotipicamente por meio de antibiograma, testes de catalase e coagulase, e pelo teste de Voges-Proskauer. As amostras também foram caracterizadas genotipicamente pela técnica de Analise de Restricao de DNA Ribossomico Amplificado (ARDRA-PCR). Das 218 estirpes isoladas, 27 foram identificados como S. aureus (12%). Entre essas, quatro estirpes foram resistentes a oxacilina e duas classificadas como SARM (S. aureus resistente a meticilina). A ocorrência de estirpes de S.aureus isoladas entre o pessoal que trabalha em contato com os animais foi baixa (2%), mas estirpes identificadas como SARM foram encontradas na equipe clínica. As análises de ARDRA realizadas com as enzimas de restrição HindIII e HinfII demonstraram que S. aureus isolados de diferentes indivíduos que trabalhavam com animais foram agrupados no mesmo cluster. Quando a ARDRA foi realizada com HaeIII foi observada formação de dois grupos, mas os isolados não se correlacionaram. Conclusão: a ocorrência de estirpes de S. aureus isoladas foi maior na equipe clínica, apresentando também correlação de 100% nos ensaios bioquímicos e moleculares.


Palavras-chave


Staphylococcus aureus; ARDRA; mecA gene; SARM

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.1678-4456.bjvras.2017.115947

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.