Portal da USP Portal da USP Portal da USP

FREQUÊNCIA E GRAVIDADE DE ACIDENTES DO TRABALHO EM INDÚSTRIAS TÊXTEIS DO MUNICÍPIO DA CAPITAL DO ESTADO DE SÃO PAULO

B. Alves Ribeiro

Resumo


A análise de 2.444 acidentes do trabalho, ocorridos durante o ano de 1948, em 150 estabelecimentos têxteis do município da Capital do Estado de São Paulo, abrangendo um total de 28.746 empregados, revelou, de acôrdo com as regras da Associação Americana de Normas Técnicas (American Standards Association), um coeficiente de frequência de 35,43, um coeficiente de gravidade de 1,41 e uma média de 40 dias debitados por acidente. Cotejando êstes achados com os valores correspondentes registrados pela indústria têxtil norte-americana, conclui-se que, embora o grau médio de incapacidade resultante seja apreciàvelmente menor entre nós, os elevados coeficientes de frequência e gravidade encontrados atestam a seriedade do problema dos infortúnios do trabalho na indústria têxtil paulistana e reclamam a instituição de medidas preventivas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2358-792X.v4i1p11-20

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.